Home Nordeste Ceará A “Crestomatia” o religioso e a natureza

A “Crestomatia” o religioso e a natureza

9 min read
0
30

 

FORTALEZA/CEARÁ – BRASIL – Somos extremamente gratos pelo que aprendemos em relação à formação do conhecimento que temos, agora no dealbar dos anos, principalmente ao centenário Liceu do Ceará, colégio que, nos nossos bons tempos, era considerado como padrão de ensino, dentro e fora de nossa Província.

Grandes nomes das letras e das ciências por lá passaram e eram inspiradores para os alunos que conseguiam frequentá-lo, após rigoroso exame seletivo Nos nossos anos da década de 1940, pontificavam no velho Liceu professores que se destacavam na cidade pelo saber e pela forma de transmitir aos alunos conhecimentos indispensáveis no correr de suas vidas. Não é propósito, nestas mal traçadas linhas, enumerar os vários e excelentes mestres que tivemos, mas apenas citar o professor Otávio Terceiro de Farias, porque foi com ele que, nos primeiro e segundo anos do curso ginasial, nas suas aulas de Português, tivemos a felicidade de beber na fonte dos saberes da “Crestomatia”, uma pequena mas valiosa enciclopédia de autoria do prof. Radagásio Taborda.

Com as exigentes mas orientadoras orientações do Dr. Otávio, em dois anos, fomos lendo, vivendo e aprendendo como era o mundo do saber, os nomes e as amostras de destaque do conhecimento, principalmente das letras. Nas três centenas de páginas, a “Crestomatia” nos levou a começar a conhecer exemplares narrativas e lendas, dissertações sobre moral e religião, descrições, geografia, história, biografias, fábulas e até anedotas galhofosas. Neste universo de informações, o nosso foco agora é a primeira leitura do livro – “O campônio e o passaredo”, da lavra de Dom Antônio de Almeida Lustosa. A escolha não é por acaso. Os comentários do religioso, no primeiro quartel do século passado, portanto há quase cem anos, referem-se à ação predatória do homem contra a natureza. Um lavrador insensato e que desejava lucros pessoas, dizimou um bando de pássaros que comiam as “espigas sazonadas” da sua plantação, dizendo raivoso “caiam sobre vós as minhas iras e o chumbo dos meus colonos”.

Após alguns dias, não havia mais pássaros acabando a sua plantação. Restou, porém, um que, no meio da floresta, lamentava: “um dia éramos livres, todo este campo, sem limite algum, herdamos dos nossos antepassados. Uma horda de bárbaros sem coração começou de apavorar a tranquilidade do nosso reino”. No final de suas lamentações, a solitária ave lamentou: “A hecatombe não teve limites: fiquei apenas eu, para clamar a desdita do meu povo”. Este longínquo despertar do religioso para a guerra sem tréguas à natureza, imposta pelos lavradores atuais, ricos e descompromissados, não foi suficiente, não surtiu efeito algum. Pelo contrário, ai está a devastação da Amazônia, aí estão as queimadas de florestas, a depredação dos mares e rios, os crimes sem limites a tudo que a santa natureza nos ofertou. Enfim, como disse o filósofo inglês Thomas Hobbes,” o homem é o lobo do homem”.

Jornada de direitos fundamentais

A Jornada organizada pela Rede Interamericana de Direitos Fundamentais e Democracia, formada por Programas de Pós-graduação em Direito do Brasil, Argentina, Peru, Chile, Colômbia acontecerá na Universidade de Fortaleza, de 9 a 11 de outubro.

O evento objetiva expor e debater temas de investigação no domínio dos direitos fundamentais.

Investimento bilionário

– O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, recebeu na semana passada), em Brasília, o grupo espanhol Prima Empreendimentos Inovadores, que promete investimento bilionário no Brasil nos próximos 15 anos, com geração de emprego e renda. O objetivo do MTur é incentivar o investimento privado no turismo e atrair cada vez mais a atenção do mundo para o destino Brasil. O embaixador da Espanha no Brasil, Fernando Casas Garcia, participou da audiência. O grupo espanhol Prima possui vários investimentos no Brasil, como o Hotel Fasano, em Salvador, considerado um dos 100 melhores do mundo pela revista Time. De acordo com o diretor-presidente do Prima, Ruben Escartin, a intenção do grupo é não criar apenas um projeto, mas um destino turístico.

Buenos Aires/Natal 

A passagem da EMBRATUR pela FIT Argentina, em Buenos Aires, rendeu mais uma boa notícia ao turismo brasileiro. A Gol Linhas Aéreas, empresa brasileira de aviação de transporte, anunciou a criação de um voo que ligará a capital argentina ao Nordeste, mais especificamente Natal (RN).

A notícia foi confirmada pelo diretor de Marketing e Relações Públicas da EMBRATUR, Osvaldo Matos, que esteve no estande do Rio Grande do Norte na feira internacional e recebeu a notícia dos executivos e da Secretaria de Turismo potiguar.

FONTE: Diretor/Editor do Jornal ROTA DO SOL/CE
Jornalista José Carlos de Araújo-(Rg.149-1-37-52 DRT-CE)
E-mail: j.carlos.araujo@bol.com.br
Fortaleza – Ceará