Home Sudeste Minas Gerais A maior chapa de fígado com jiló do mundo

A maior chapa de fígado com jiló do mundo

6 min read
0
394

BELO HORIZONTE/MINAS GERAIS – BRASIL – Quem nunca ouviu falar do fígado com jiló mais tradicional de Belo Horizonte? No dia 27 de maio, às 10h, o Mercado Central vai sair da rotina com o Festival Cultural do Mercado Central, evento patrocinado pelo Instituto Unimed-BH, que, uma vez por mês, levará para um dos pontos turísticos mais amados pelos mineiros uma série de shows de música popular. (Foto acima: fígado com jiló)

A abertura do Festival terá a maior chapa de fígado com jiló do mundo. Será montada uma chapa de 16 metros em frente ao Mercado, na Avenida Augusto de Lima, com expectativa de mais de 2 mil pessoas passem pelo local durante a realização do evento, afinal, estamos falando da maior chapa de fígado com jiló do mundo.

Instalação

Serão instalados bares para a venda de tira-gosto e bebidas, além da presença de chefs renomados: Flávio Trombino (Xapuri), Edson Puiati (UNA), Eduardo Avelar (Territórios Gastronômicos), Rosilene Campolina (UNA), Marcos Proença (Patorroco), Jaime Solares (Mercado da Boca e Borracharia), Ivo Faria (Mercado da Boca e Vechio Sogno), Rodrigo Zarife (Mercado da Boca), Ilmar Antônio de Jesus (Casa Cheia), Valdez Maranhão (Buteco do Maranhão), Ronaldo Marques da Silva (Bar Fortaleza) e Wellington Paulo Nunes (Bar da Lora).

Acesso

O acesso será mediante doação de 5 litros de leite. Toda a arrecadação será revertida para instituições de assistência social. A troca do ingresso está sendo realizada no Mercado Central (Espaço Cultural 2), de segunda a sábado, de 9h às 17h, e dá direito a uma porção do prato.

Apresentações musicais

Além da gastronomia, o evento também contará com apresentações musicais que integram o Festival Cultural do Mercado Central, cujo patrocínio do Instituto Unimed BH, se dá por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Show de chorinho, grupo de percussão Batuque Salubre e Magnatas do Samba serão algumas das atrações.

Essa reunião de amantes de fígado com jiló faz parte da programação do Festival Cultural do Mercado Central. Como ponto turístico gastronômico, histórico e cultural da capital mineira, o local realizará oito eventos ao longo de 2018, com shows no estacionamento do local. Mensalmente, cerca de um milhão e trezentas mil pessoas passam pelo ponto turístico, conhecido por seus temperos, aromas, sabores, crenças e cores.

O que você não sabe sobre o fígado com jiló


A tradição do fígado com jiló é um dos preferidos dos turistas que visitam a capital mineira

Mais conhecido como fígado acebolado, o prato surgiu na década de 1960, quando os entregadores de mercadoria chegavam ao Mercado muito cedo e famintos. Eles pegavam os jilós nas lojas, levavam aos bares e solicitavam aos “chapistas” para fazer uma porção com os miúdos de carne.

Na década de 1980, o prato caiu no gosto do público. Desde aquela época, o fígado acebolado se tornou uma tradição no Mercado Central, fazendo sucesso e consolidando-se entre as principais receitas mineiras.

Coluna Minas TURISMO Gerais
Jornalista Sérgio Moreira
sergio51moreira@bol.com.br