Home Sudeste Rio de Janeiro CLIA Brasil e Ministério do Turismo promovem visita técnica de estudantes a navio de cruzeiros

CLIA Brasil e Ministério do Turismo promovem visita técnica de estudantes a navio de cruzeiros

7 min read
0
141

RIO DE JANEIRO/ BRASIL – A partir de uma parceria entre CLIA Brasil e Ministério do Turismo, alunos que concluíram cursos de qualificação profissional online do MTur embarcaram no sábado (16) em uma experiência emocionante, uma imersão no mundo dos cruzeiros marítimos.

Eles foram sorteados com uma visita técnica à embarcação Costa Fascinosa e passaram parte do dia a bordo da embarcação para ver de perto o funcionamento de um “gigante” do mar. A comitiva foi formada por um grupo de 45 pessoas certificadas nos cursos de Atendimento ao Turista e de Gestor de Turismo oferecidos pela Pasta.

Novos caminhos profissionais

Apenas nesta temporada, o setor de cruzeiros em a expectativa detransportar cerca de 440 mil passageiros, gerando impacto econômico de R$ 2 bilhões e 30 mil empregos no Brasil. O segmento inspira alguns profissionais a mudarem de vida, caso da mineira Soraya Couto que desejatrocar a atividade de instrumentador cirúrgico pela de agente de viagem. “Fiz os dois cursos e considero fantástica essa iniciativa do Ministério do Turismo de nos dar oportunidade de conhecer de perto as atividades que são realizadas dentro do navio”, disse ela empolgada com a descoberta de novos caminhos profissionais em sua primeira vez em um navio de cruzeiro.

Rafael Lazera, guia de turismo no Rio de Janeiro, vê na qualificação uma oportunidade de crescer profissionalmente. Com interesse na área de ecoturismo, o principal intuito do carioca é “casar” jornalismo com turismo e solidificar carreira nesta área. Sorteado pelo MTur, depois de concluir o curso de Atendimento ao Turismo da plataforma Brasil Braços Abertos, ele avalia a visita ao navio da empresa Costa Cruzeiros, como mais uma chance de aprendizado. “Gostei muito e achei uma oportunidade maravilhosa de crescer profissionalmente”.

Um luxo só

A opinião de Lazera é compartilhada pela estudante do curso de Tecnologia e Gestão de Turismo Luzia dos Santos Neves, que concluiu os dois cursos ofertados pelo MTur. Muito empolgada com as instalações donavio que considerou “um luxo só”, falou do desejo de trabalhar numa dessas embarcações. “Esta visita representa a união da teoria com a prática”, avaliou ela que acredita que a qualificação profissional, principalmente o domínio do idioma inglês, é o caminho para conseguir um emprego no setor de cruzeiros.

A possibilidade de turbinar o currículo e ampliar a mobilidade no mercado trabalho foi a motivação da carioca Viviane Almeida paras se inscrever no curso da Plataforma Gestor de Turismo. A premiação para avisita técnica ao navio foi uma grata surpresa. “Quando recebi o telefonema do pessoal do Turismo fiquei super animada”, disse. A profissional que trabalha no serviço de atendimento ao consumidor deuma empresa, pretende ter sua própria agência de turismo e está estudando para isso.

Palestras

Durante a visita técnica, o grupo assistiu a apresentações e vídeos com informações sobre o mercado de cruzeiros marítimos. O presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA Brasil), Marco Ferraz, parceiro do MTur neste projeto, deu um panorama do setor no mundo e falou da estimativa de crescimento de 15% no número de passageiros na atual temporada (2018/19). Ao abordar o mercado de trabalho nos cruzeiros para uma plateia bastante interessada no assunto, ressaltou a vocação do brasileiro para as atividades de entretenimento a bordo. “O brasileiro lida muito bem comas pessoas, o que favorece sua atuação nessa área”, afirmou ressaltando que somente nesta temporada foram gerados 30 mil empregos no Brasil.

O representante da Costa Cruzeiros, Vinícius Costa, anfitrião do grupo, exibiu vídeo de passeios a bordo dos navios da empresa e sua extensa oferta de serviços de bem-estar, entretenimento, gastronomia, entre outros. Ao comentar sobre o trabalho a bordo, de até 12 horasdiárias, ele brincou: “não é passeio, é muita ralação”.

Tais Santos – Agência Guanabara
tais@agenciaguanabara.com.br