Home Sudeste Rio de Janeiro Destinos turísticos do interior em destaque no Pão de Açucar

Destinos turísticos do interior em destaque no Pão de Açucar

4 min read
0
231

 

RIO DE JANEIRO/ BRASIL – A Secretaria de Turismo do Estado do Rio de Janeiro nomeou “Cidades Maravilhosas” o projeto que apresenta os atrativos dos municípios do interior aos turistas que visitam a Capital. No próximo sábado, 23/02, profissionais da Setur/TurisRio e das cidades convidadas, estarão em uma tenda, das 9h às 13h, em frente a um dos pontos turísticos mais visitados no Rio de Janeiro: o Pão de Açúcar.(Cabo Frio: foto acima -Arquivo SETUR/RJ)

As cidades que estarão presentes, nesta edição, serão Paraty, CaboFrio e Três Rios. No local, haverá distribuição de material promocional desses destinos e profissionais das secretarias municipais de turismo para tirar dúvidas sobre roteiros, hospedagem e atrativos dessas localidades.

Sobre as cidades


Foto: Três Rios – Felipe Medici

As atividades ao ar livre e os esportes radicais são as atrações mais procuradas de Três Rios, que fica na região turística Caminhos Coloniais. Quem visita a cidade pode se aventurar à prática de rafting, que é feita no rio Paraibuna. Os prédios históricos são outro destaque da cidade como a Cepal Nossa senhora da Piedade e a Igreja de São Sebastião, construídas no século XIX e XX, respectivamente.


Paraty – Festa do Divino – Foto Miriam Cutz

O município de Paraty, localizado na região da Costa Verde, é Patrimônio Histórico Nacional e preserva até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos. A cidade fica a 234 km dedistância da capital e em apenas 3 horas é possível conhecer a combinação entre o azul marítimo e o verde da Mata Atlântica.

Cabo Frio situado na Costa do Sol é garantia de diversão e lazer. Entre as inúmeras praias, a do Forte, no centro da cidade, é uma das mais procuradas. Ela possui uma extensão litorânea de 7,5 km de águas transparentes e cristalinas e areia branca e fina. Na sua extremidade esquerda está o Forte de São Mateus, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e que está aberto à visitação diariamente.

Fonte: SETUR/ RJ