Home Nordeste Ceará Gramado uma cidade que se renova

Gramado uma cidade que se renova

11 min read
0
325

FORTALEZA/CEARÁ – BRASIL – Na semana de 11 a 14, voltei a Gramado com dois propósitos: participar do Fórum Gramado de Estudos Turísticos e da 3ª Assembleia da Confraria Nacional de Jornalistas de Turismo. Mais uma vez, tive a felicidade de estar na gostosa e atraente líder da Região das Hortências uma cidade que se renova constantemente, aumentando dia a dia a fama de ser uma das poucas no mundo que vive quase exclusivamente do e para o turismo, conforme os 90% indicados pela Economia do Município.

Na década de 1980, pela vez primeira, conheci a cidade da Serra Gaúcha, que já era referência pelas belezas naturais e receptividade do seu povo. Numa Belina zerada, na companhia de minha saudosa mulher Angelita, da sua também saudosa irmã Alda e do nosso filho Carlos Alberto partimos para uma aventura de férias, percorrendo o Brasil/Sul. E não nos arrependemos da aventura de quase um mês, passando nos longos dias rodados por cidades diferentes, no Nordeste, Sudeste e Sul. No final da ida, o prêmio. Chegamos a Gramado.

Impacto

O impacto não poderia ser melhor. Lá florescia da natureza exuberante uma das maiores atrações do turismo não apenas brasileiro, mas do planeta Terra. Para alcançar tal patamar em tão poucos anos impossível não render homenagem à dedicação e empreendedorismo de sua população, brasileiros natos, imigrantes de forte dosagem alemã e italiana, com mesclagem de portugueses. a miscigenação deu certo. Nos últimos sete anos deste século 2000, especialmente para participar de um dos eventos maios destacados do turismo brasileiro, o FESTURIS tenho ido à terra das hortênsias e sempre me surpreendem as inovações voltadas para atrair os visitantes.

Aí está Gramado recebendo anualmente seis milhões de turistas, regiamente saudados por uma cidade sorridente e que sempre se renova. A limpeza, o casario marcante, os motoristas exemplares no respeito ao próximo, a excelente e destacada hotelaria e restaurantes de qualidade exemplar, além de atrações turísticas para todos os gostos são o segredo da preferência Quem não peca ao saborear os gostosos chocolates de Gramado? Aí o motivo de as mais diferentes classes sociais de todas as partes desejarem ver e sentir de perto este pedacinho paraíso gaúcho

Jeri, joia rara

Assim como Gramado, a cearense Jericoacoara também é uma das joias preciosas do turismo  nacional, com fama e reconhecimento internacional. Se ela não possui o fresco verdor da cidade serrana, privilegiada com suas araucárias e mata atlântica, com o ornamento de suas hortênsias, com seu chocolate famoso, por seu turno a nossa Jeri oferece um sol intenso o ano inteiro, dunas alvas impressionantes, um litoral generoso com paisagens deslumbrantes ao pôr do sol, uma culinária com os pratos de camarão,  lagosta e uma variedade de peixes do mar

Destinos famosos

São dois destinos famosos, cada qual com peculiaridades de natureza oposta.. Talvez por isto as duas sâo referências que encantam turistas de todas as partes. Acrescente-se que a joia rara do turismo cearense tende expandir-se ainda mais mundo a fora. O governo do Estado, através do setor de Obras e Instalações do DER, está emprenhado para que, ainda este ano, o Aeroporto local seja internacional. A notícia é alvissareira, mas requer uma série de cuidados. Com tanta gente usufruindo cada vez mais das delícias do nosso “paraíso”, teme-se a inevitável degradação ambiental, se não houver logo, logo rígidos cuidados das autoridades do Estado e do município. Portanto, o que se espera é espírito público. O mal deve ser urgentemente cortado pela raiz. Não matem a nossa “galinha de  ovos de ouro”.

Contraproposta ao reajuste

A ABRASEL no Ceará elaborou um estudo para mensurar o impacto do reajuste das taxas para alvará de funcionamento e registro sanitário em Fortaleza. A alta média para a somatória de ambas, que passam a ser cobradas anualmente, é de 1.355%. O índice chega a 3.250% se considerado o alvará de funcionamento para estabelecimentos de médio e grande porte.

O setor de Alimentação Fora do Lar, segundo a ABRASEL, tem 6 mil estabelecimentos em Fortaleza, dos quais apenas 4% estão isentos das taxas. A atividade gera 120 mil empregos diretos na Cidade. A ABRASEL, assim como outras entidades, correm contra o tempo. Conforme a Lei 241/2017, os alvarás com mais de um ano de emissão vencem em 30 de junho.

Inscrições de filmes no Cine Ceará!

O CINE CEARÁ – Festival Ibero-americano de Cinema está com inscrições abertas de 09 de abril a 23 de maio de 2018 para as mostras competitivas Ibero-americana de Longa-metragem e Brasileira de Curta-metragem da 28ª edição, que acontecerá de 04 e 10 de agosto deste ano no Cineteatro São Luiz em Fortaleza/Ceará.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas exclusivamente pelo website do festival www.cineceara.com, através do preenchimento e envio eletrônico da Ficha de Inscrição.

Na Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem podem ser inscritos filmes de realizadores de países da América Latina, Caribe, Portugal e Espanha, com duração mínima de 60 minutos e concluídos a partir de 2016 nos gêneros de animação, ficção, documentário ou experimental.

Na Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem podem ser inscritos filmes nos gêneros ficção, documentário, animação ou experimental de até 25 minutos, concluídos a partir de janeiro de 2017, que não tenham participado do processo seletivo de outras edições do Festival.

Os curtas cearenses inscritos no festival que não forem selecionados para a Mostra Competitiva serão submetidos à comissão de seleção da Mostra Olhar do Ceará, que renderá ao melhor filme o Troféu Mucuripe. Mais detalhes devem ser consultados no regulamento.

Fonte: Jornal ROTA DO SOL – Diretor/Editor:
Jornalista José Carlos de Araújo (Rg.149-1-37-52 DRT-CE)
Fone: (85) 3244-4847 – e-mail : j.carlos.araujo@bol.com.br
Fortaleza – Ceará – BRASIL