Home Opinião Marisa B. Krás Borges -RS OPINIÃO: Tchau 2017 e que venha 2018!– Escreve Marisa B.Krás Borges

OPINIÃO: Tchau 2017 e que venha 2018!– Escreve Marisa B.Krás Borges

5 min read
0
332

PORTO ALEGRE/ RIO GRANDE DO SUL – BRASIL – A poucos dias do encerramento de 2017, paramos para refletir no que fizemos nesse período e para planejar o novo ano que está para nascer.

Todos os anos é a mesma coisa. Correria, confraternizações, contas para pagar, muitos cartões com bons desejos para o próximo ano recebidos e enviados. O espírito natalino se espalha por todos os lados e as pessoas ficam mais leves e esperançosas.

A maioria deixa a tradicional reunião de família, que geralmente se realiza no Natal, para viajar para a praia com amigos ou parceiros. Na Ceia do Réveillon não podem faltar: lentilhas, carne de porco (as aves ciscam para trás) peixes, uvas, etc. pular 7 ondas , beber espumante, brindar e deixar tudo de ruim que aconteceu no passado, até beijar um desconhecido vale nessa virada do ano.

A roupa branca é praticamente um lema, é claro. De preferência uma roupa de baixo nova e branca ou amarela ( para ter bastante dinheiro no ano que chega) ou se você estiver à procura de um amor ou uma paixão, pode ser rosa ou vermelha.

Viver o agora

Agora eu me pergunto: até que ponto tudo isso tem sentido se a gente não viver no presente e fizer o melhor de si todos os dias das nossas vidas? De que adiantam todas as superstições se faltar atitude, garra, determinação, resiliência e luta dia após dia? Certamente, absolutamente de nada. Não é uma lentilha ou uma roupa branca que vão fazer com que eu consiga o emprego dos sonhos, conheça o amor da minha vida ou tenha uma saúde invejável. Tudo é fruto de preparo, decisões acertadas e execução dos nossos projetos.

Não que eu esteja criticando quem o faz, muito pelo contrário, até porque eu mesma sigo à risca tudo direitinho, para não ter erro. Mas por trás de uma celebração de Réveillon tem a oportunidade de um novo começo. O fechamento de um ciclo e o começo de novas oportunidades que virão. Mas é muito importante que se enxergue que cada dia é uma nova oportunidade de fazer mais e melhor.

Emagrecer, começar a fazer mais atividade física, parar de beber, viajar, estudar uma nova língua ou mudar de emprego não precisam esperar a virada do ano para acontecer. Cada novo dia se nos apresenta como uma chance única de realizar os nossos sonhos. Por quê não começar hoje em lugar de aguardar o próximo ano para dar a partida? Considerando a finitude de nossas vidas e todos os tropeços que se nos apresentam sem prévio aviso, acredito que o momento é o agora e não o amanhã ou o ano que vem.

Pensemos nisso como reflexão para 2018 e tenhamos todos muita saúde para dar e vender e felicidade sem limites, porque afinal, nós merecemos, não é mesmo?

Feliz 2018 e continuem fazendo do turismo uma rotina saudável, prazerosa e fascinante.

Jornalista Marisa B. Krás Borges
Reg. 15878 MTE/RS