Home Sudeste Rio de Janeiro Sustentabilidade: Jericoacoara ganha festa de ano novo consciente

Sustentabilidade: Jericoacoara ganha festa de ano novo consciente

4 min read
0
243

RIO DE JANEIRO/ RJ – BRASIL -A sustentabilidade tem se firmado como uma responsabilidade quase obrigatória e essencial em vários setores do mercado. E com o entretenimento não seria diferente. A primeira edição do Réveillon ViraJeri, no charmoso vilarejo em Jericoacoara, traz em suas vertentes, a preocupação em deixar legado para a comunidade local e também ao meio ambiente, como uma forma de gerar bons frutos ao destino, que além de turístico, é rodeado de natureza.

Além do alto nível dos eventos e toda a visibilidade positiva voltada para a região, há um aumento potencial de turismo no vilarejo.

‘Hoje em dia, um evento considerado sustentável precisa ir além. É fundamental compensar os gases de efeito estufa emitidos. E existem meios de fazer isso de forma muito prática. Essas ações realizadas pelas marcas e eventos geram impacto positivo que vai além da comunidade, é também benéfica para as futuras gerações. A festa de ano novo ViraJeri se destaca positivamente no cenário de entretenimento sustentável país afora. É um incentivo e exemplo prático para o segmento”, conta Rafael Zarvos, especialista em ESG.

Movimento consciente

O projeto Movimento consciente #virajeri é uma idealização de um ciclo de ações de sustentabilidade e impacto social impulsionadas pelo entretenimento consciente, que vai promover legado para a região, pessoas e comunidade de Jericoacoara.

O Réveillon está apresentando ao mercado e consumidores uma nova categoria de negócio, que vai além de um pilar comercial. Em conjunto, as empresas envolvidas na organização e seus patrocinadores, idealizaram um ciclo virtuoso que desenvolve a comunidade e ainda preserva a natureza, para um público que está engajado e preocupado com as causas. O resultado de tudo isso é um legado para Jericoacoara, por meio do entretenimento.

Entenda os pilares:

Preservação da natureza: sustentabilidade;
Retrofit da Usina de Reciclagem: Atualizando suas instalações, itens de segurança e bem estar dos cooperados;
Resíduos recicláveis: Dos eventos serão processados ao vivo in loco, evitando assim o trajeto através de caminhões;
Resíduos sólidos: São encaminhados direto para a CAGEGE (Companhia de água e esgoto do Ceará);
Desenvolvimento da comunidade: Impacto social e econômico;
Respeito aos moradores: Capacitação de mão de obra local.

Hochmuller Multimídia
Paula Regufe
21.994256865