Home Sudeste Minas Gerais Vapor Benjamim Guimarães deve voltar as águas em breve

Vapor Benjamim Guimarães deve voltar as águas em breve

14 min read
0
230

BELO HORIZONTE/MINAS GERAIS – BRASIL Única embarcação a vapor em atividade no mundo, o vapor Benjamim Guimarães, construído em 1913 nos Estados Unidos e localizado atualmente em Pirapora (MG), será restaurado. A ação é resultado de convênio firmado entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA). Está previsto um aporte de R$3,7 milhões para o restauro da embarcação, por parte do IPHAN, com contrapartida de R$74 mil pelo IEPHA.  

(LEGENDA DA FOTO ACIMA Foto histórica no velho Rio São Francisco com o Benjamim Guimarães).

O Benjamim Guimarães, que já navegou no Rio Mississipi (EUA) e, posteriormente, em rios da Bacia Amazônica, mantém suas características originais. A embarcação navegou o Rio São Francisco até 2014 e por várias décadas foi utilizada no transporte de cargas e passageiros no trecho Pirapora (MG) – Juazeiro (BA), servindo até no transporte de tropas do Exército Brasileiro durante a II Guerra Mundial.

Com capacidade para transportar até 140 pessoas, entre tripulantes e passageiros, a embarcação possui três pisos: no primeiro, encontram-se a casa de máquinas, caldeira, banheiros e uma área para abrigar passageiros. No segundo, estão instalados doze camarotes e, no terceiro, um bar e área coberta.


Rio São Francisco, ponte em Pirapora

Com a reforma e restauração, a população, especialmente os cidadãos de Pirapora e dos demais municípios que margeiam o rio em seu trecho navegável, poderá ver de volta o Vapor Benjamim Guimarães passeando pelo Velho Chico e contribuindo para a movimentação econômico-turística da região.

FESTURIS participa das feiras internacionais de Madrid e New York

Embaixador do Brasil na Espanha, Pompeu Adreucci, CEO do FESTURIS, Eduardo Zorzanello, diretor executivo do MTur, Daniel Nepomuceno e Secretário de Turismo de São Paulo, Vinícius Lummertz

Trabalhando intensamente desde o término da última edição, realizada em novembro, a Feira Internacional de Turismo de Gramado (FESTURIS) aproveita o início do ano para ampliar sua relação com o mercado mundial. Na semana passada, os compromissos foram na Fitur Madrid, na Espanha, e na New York Times Travel Show, nos Estados Unidos. A participação nas internacionais serve para identificar tendências do turismo, ampliar relacionamento com destinos de outros continentes e divulgar a Serra Gaúcha para o mundo.

CEO do FESTURIS, Eduardo Zorzanello esteve na FITUR Madrid trabalhando a promoção da principal feira de negócios turísticos da América do Sul e atuando como porta-voz do turismo da Serra Gaúcha. Na ocasião foi possível realizar contato com profissionais e autoridades de 147 países, fortalecendo o relacionamento com as mais importantes empresas, destinos e players do mercado internacional.

“A FITUR sempre foi uma feira vanguardista e altamente positiva para nós, pois possibilita o contato com o mundo do turismo e as tendências para os próximos anos. Eles investem muito no conteúdo e trazem temas importantes como sustentabilidade, inovação, gastronomia e turismo LGBT. Os estandes são muito bem pensados, criativos e apostam no conceito de experiência. Servem como inspiração para nós. Em relação aos contatos efetuados, conseguimos a abertura de mercados com novos players da Europa, África e Ásia”, avalia Eduardo Zorzanello. Este ano o Festuris será de 5 a 8 de novembro.

ACMINAS lança marca comemorativa dos 300 anos de MINAS

Este ano Minas Gerais completa os 300 anos da criação da Capitania de Minas, separando-a da Capitania de São Paulo, a que estava integrava desde 1709. Em comemoração a esse fato histórico, a Associação Comercial e Empresarial de Minas, por meio dos seus Conselhos Empresariais de Cultura, Turismo e Comunicação, está lançando a marca da campanha com a qual a entidade destacará, durante todo o ano, o tricentenário do Estado.

A data enseja, além das comemorações, estudos, debates e análises sobre os três séculos da História de Minas, sua evolução política, econômica, social e cultural, as dificuldades que encontra para seu pleno desenvolvimento, assim como a contribuição do Estado para a formação da nacionalidade brasileira. É também um momento extremamente oportuno para estudos e reflexões sobre as dificuldades por que passa o Estado e, principalmente, para projetar o seu futuro.

Segundo o presidente da ACMinas, Aguinaldo Diniz Filho, a entidade está comprometida com as comemorações, confiante de que a discussão desses três séculos da história de Minas, sua origem e evolução econômica, social e cultural orientem compromissos com um novo ciclo de desenvolvimento mineiro. “A ACMinas trabalha na mobilização do empresariado e na conscientização da sociedade civil. Está empenhada na realização de um Seminário de discussão dos trezentos anos de Minas e vem tendo iniciativas de contatos nas áreas do Executivo Estadual, do Legislativo e dos setores Acadêmico e Empresarial”, disse.

Minas 300+

A marca, Minas 300+, criação da agência FazCom, retrata as montanhas de Minas e as comemorações do passado, assim como o comprometimento com a construção do novo desenvolvimento e o futuro.

Mais de 97 milhões de passageiros viajaram pelo Brasil

Foram 97,1 milhões de passageiros viajando no Brasil no ano passado, quase 2 milhões a mais que o registrado em 2018 (95,5 milhões).O mês de dezembro também registrou alta com 9 milhões de passageiros, um crescimento de 3,2% em relação ao mesmo mês de 2018.

Os dados fazem parte de relatório da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e se referem a lista pré-definida composta por 120 aeroportos públicos que tiveram pelo menos um embarque ou desembarque no ano de 2015. A metodologia também inclui passageiros que adquiriram bilhetes sob condições especiais, como programas de fidelização de clientes e gratuidades. Ao longo de 2019, dos 12 meses do ano, nove registraram crescimento no número de turistas em viagem pelo Brasil, com destaque para fevereiro que apresentou um aumento de 8% em relação ao mesmo período de 2018. Em seguida, os meses de outubro (4,8%), março (3,7%), novembro (2,9%) e setembro (2,4%) tiveram as maiores altas de 2019.

Em comemoração a mais um resultado positivo, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, reitera que o ano de 2019 foi histórico para o turismo brasileiro. “2019 marcou o início de um árduo e constante trabalho para colocar o turismo no centro da agenda de desenvolvimento do país. O turismo é fundamental vetor da economia brasileira e vamos alcançar muito mais, junto ao governo federal sob a liderança do nosso presidente Jair Bolsonaro. Prova disso são as entregas feitas em um ano de gestão e os recordes que seguem sendo divulgados em todo o país”, destaca o ministro.

Marcelo Álvaro Antônio ressalta ainda que melhorias na infraestrutura turística, na promoção dos destinos nacionais, na abertura de mercado e na atração de investimentos foram fundamentais para esse crescimento de turistas viajando pelo país. Ações como o Programa Investe Turismo, que contempla 158 municípios em 30 rotas turísticas de todo o Brasil; o Plano de Desenvolvimento Turístico, que realiza diagnósticos para alavancar o desenvolvimento local de diversos destinos nacionais; bem como as obras de infraestrutura em todas as regiões do país são algumas das políticas que o Ministério do Turismo vem adotando desde o início de 2019 para fortalecer a oferta turística nacional.

Coluna Minas TURISMO Gerais
Jornalista Sérgio Moreira
informações para:
sergio51moreira@bol.com.br