Home Ibero-America Argentina Argentina reafirma sua liderança no Turismo de Reuniões

Argentina reafirma sua liderança no Turismo de Reuniões

4 min read
0
194

BUENOS AIRES/ ARGENTINA – No marco da aliança estratégica mantida pelo INPROTUR e pela AOCA, e após a realização de vários programas muito importantes para o segmento, como Incentivate e Reencontrarse, agora também está se trabalhando em conhecer as novas tendências e mudanças após a pandemia que influenciam na decisão de translados com motivo para participar de reuniões. Os resultados permitirão que o segmento vinculado ao turismo de reuniões consiga se adaptar às novas condições do contexto e a ver a crise sanitária como uma oportunidade para se reinventar.

Portanto, criou-se uma pesquisa com o objetivo de coletar informação de qualidade sobre as mudanças de preferências e expectativas dos turistas participantes de reuniões cuja organização seja de natureza corporativa ou associativa.

A pesquisa, que será enviada a pelo menos 400 profissionais, estará dirigida aos membros da associação e participantes habituais dos eventos da mesma, portanto, se referirá a pessoas com experiência como participante de eventos presenciais, virtuais ou híbridos.

A apresentação da pesquisa foi realizada pelo Instituto Nacional de Promoção Turística e pela Associação Argentina de Organizadores e Fornecedores de Exposições, Congressos, Eventos e Burôs de Convenções, mediante suas autoridades: Ricardo Sosa, Secretário Executivo do INPROTUR, Fernando Gorbarán, Presidente da AOCA, Matías Sket, Diretor Executivo da AOCA e Pablo Sismanian, Diretor de Produtos Turísticos do INPROTUR.

Retomada dos trabalhos

“Estamos totalmente predispostos a acompanhar as Associações e aos Burôs, para retomar todo o trabalho do turismo de reuniões e obter e realizar novos eventos na Argentina. A formação e a conscientização são muito úteis para aprender as novas tendências do mundo na hora de definir um destino como sede de eventos”, expressou Ricardo Sosa durante a apresentação.

A pesquisa estará vigente a partir de 6 de agosto até 9 de setembro e dará as novas perspectivas e sensações dos participantes, a disposição de viajar a futuras reuniões e o quão vulnerável o setor ficará de acordo com o contexto sanitário.

Foto: Divulgação
Fonte: INPROTUR/AR