Home Centro-Oeste Distrito-Federal 883 brasileiros que estão em Portugal são repatriados em ação coordenada pelo MTur

883 brasileiros que estão em Portugal são repatriados em ação coordenada pelo MTur

3 min read
0
240

BRASILIA/ DISTRITO FEDERAL – Números preliminares apontam que 883 turistas brasileiros, que estão retidos em Portugal, deverão retornar ao Brasil até o próximo domingo. A ação coordenada pelo Ministério do Turismo, em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores e também com as empresas aéreas Azul e TAP, é a terceira de uma série de ações coordenadas pelo MTur para repatriar brasileiros que estão em outros países durante a pandemia de coronavírus, que já atinge 166 países. Crédito: GRU Internacional

“Neste momento de incertezas, nosso compromisso é em trazer de volta ao nosso país, os milhares de brasileiros que estão em outros países, muitos a turismo, e que nesse momento precisam do apoio do governo federal. Tenho convicção de que seremos bem-sucedidos nesta valorosa missão”, comentou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

As primeiras ações de repatriação dos brasileiros atingidos pela crise provocada pela pandemia do coronavírus teve como objetivo retirar os brasileiros que estão no Peru e no Marrocos.

O Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio afirma que o procedimento a ser adotado é que esses turistas ou esses brasileiros possam procurar as embaixadas ou consulados no país em que eles estão.. Uma vez feito isso, os seus nomes passam a constar de uma lista que será acessada pelo Ministério das Relações Exteriores , repassada para o Ministério do Turismo onde será feita a intermediação com as companhias aéreas. Será estudado caso a caso, de acordo com as empresas que operarem nessas cidades onde as pessoas se encontram.

Marcelo Álvaro Antonio ainda fez um apelo para que todos os brasileiros(as) que estiverem fora do Brasil mantenham a calma que, conforme determinação do Presidente Jair Bolsonaro, o Ministério do Turismo e o Ministerio de Relações Exteriores estão trabalhando incessantemente para trazer até o último brasileiro(a) em segurança para casa, para o Brasil.

Fonte: MinTur