Home Centro-Oeste Distrito-Federal Brasil ganha prêmio internacional de Turismo Responsável

Brasil ganha prêmio internacional de Turismo Responsável

4 min read
0
216

BRASILIA/ DISTRITO FEDERAL -Um projeto brasileiro foi o grande vencedor do primeiro Prêmio de Turismo Responsável da World Travel Market (WTM) Latin America. A iniciativa de Mato Grosso do Sul, “Brasil Food Safaris”, levou o prêmio na categoria “Melhor atração do patrimônio cultural” e desbancou a chilena “Fundación Teatro del Lago”. O resultado foi anunciado nesta quinta-feira (29.04), em uma live promovida pela organização internacional.

O “Brasil Food Safaris” realiza viagens para destinos com relevância cultural, com foco na gastronomia local, e faz dos ingredientes e das técnicas de cozinha os principais atrativos. As expedições incluem aulas práticas com cozinheiros locais, visitas a mercados para reconhecimento e compra de ingredientes, visitas a atrativos turísticos, passeios pela natureza e pelo ambiente da população e refeições em restaurantes de chefs renomados.

“Estamos muito felizes pela oportunidade. Esse prêmio nos fortalece e nos mostra que estamos no caminho certo”, celebra Polianna Thomé, uma das criadoras do projeto vencedor. “Este é um trabalho que estamos desenvolvendo com garra, com ética e embasados em uma filosofia, em algo que a gente realmente acredita. Estamos ajudando, da forma como podemos, que comunidades, em especial aquelas que tenham uma forte participação feminina, consigam um espaço no cenário do turismo e também no cenário econômico”, conclui Thomé.

Ao todo, 53 projetos se inscreveram na premiação, que busca homenagear soluções eficazes para questões urgentes na América Latina, como inclusão social e preservação da biodiversidade e do patrimônio cultural. O Complexo Turístico Itaipu, do Paraná, concorria na categoria “Melhor destino para o turismo responsável”, mas um projeto da Costa Rica acabou levando o prêmio.

WTM

A WTM Latin America está prevista para ser realizada em agosto de 2021, em São Paulo, e deverá seguir um formato híbrido, com atrações virtuais para atingir os interessados que não poderão participar presencialmente. O evento terá uma programação dedicada ao Turismo Responsável, com a realização de painéis, palestras e a apresentação de cases de sucesso pelo mundo.

Por Vanessa Castro Mtur