Home Sul Rio Grande do Sul Cenário do Turismo 2021

Cenário do Turismo 2021

3 min read
0
291

 

PORTO ALEGRE/RIO GRANDE DO SUL – BRASIL – Assim como ocorreu depois do Dilúvio, da Peste Grega, da Gripe Espanhola, do Vibrião Colérico e depois dos CORONAVÍRUS, 2021 será diferente. O FRONTDESK ouviu 20 especialistas de diversos setores e detectou sinais de evolução na crise, porem, com muito sofrimento e uma guinada histórica nos conceitos de hospitalidade.

Cenário

O Cenário do Turismo aponta que: entre 10% e 13% dos hotéis isolados existentes em 2019, fecharão as portas definitivamente;

– 1 em cada 4 hotel embandeirado ostentará uma outra bandeira, de uma administradora

diferente;

– Uma em cada 6 empresas aéreas desaparecerão dos ares.

– Dois em cada 10 estabelecimentos de refeições fora do lar, não voltarão a funcionar;

– Desaparecerá 1 em cada 8 postos de trabalho.

Ao mesmo tempo assistiremos o florescimento (da mesma forma que nas outras tragédias) de novas formas técnicas e de expressão como:

– Trabalho remoto, ou tele-trabalho;

– Automatização e robotização de funções essenciais,

– Desaparecimento de intermediários humanos na comercialização de hospedagem;

– Crescimento exponencial da tele-entrega de comida e remédio;

– Acirramento da concorrência no setor de TI com o surgimento de novas formas de

“transformar conhecimento em bem comum”, tanto no setor como na cadeia de fornecedores

de insumos;

– Uso intensivo de novas formas de contratação de mão-de-obra, prevalecendo

majoritariamente a forma “PAY PER TASK”.

– Na maioria dos países onde a pandemia recrudesceu, em 40 dias poderá haver uma retomada tímida em direção à normalidade, como ocorreu na China e na Coréia do Sul e está prevista para Alemanha e Portugal.

– No Brasil: não deverá ser diferente, com a abertura ocorrendo em maio de 2020, também

timidamente, mesmo que ainda haja um cortejo fúnebre e funesto para ser resolvido. Os

motivos para essa premissa? O “sistema” precisa tentar salvar as férias de julho e as eleições

municipais de outubro.

FONTE: FRONTDESK – Boletim informativo com assuntos de interesse da
Cadeia Produtiva do Turismo.
Editor: José Justo 54 999 143 117 e Renato Brenol Andrade 51 992 207 979
Enviado para 27.809 endereços.
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail:
[email protected]