Home Centro-Oeste Distrito-Federal Governo federal abre consulta pública para concessão do Parque Nacional do Iguaçu

Governo federal abre consulta pública para concessão do Parque Nacional do Iguaçu

4 min read
0
183

BRASILIA/ DISTRITO FEDERAL -Os interessados em colaborar na construção da proposta de concessão do Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná, já podem enviar suas contribuições ao governo federal. Nesta terça-feira (27.04), o Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) abriram período de consulta pública para a cessão da unidade de conservação à iniciativa privada. A expectativa é de que a futura medida gere um aporte de mais de R$ 500 milhões em infraestrutura e de R$ 3,6 bilhões em investimentos operacionais, gerando emprego e renda para a população local.

Com este montante será possível a realização, no prazo de 5 anos, de ações como a estruturação de novos polos de visitação; um novo sistema de transporte, que vai trazer mais eficiência e sustentabilidade ao local; criação de trilhas para pedestres e ciclistas; além de outras melhorias na infraestrutura do parque. As medidas trarão conforto, segurança e uma maior variedade de atrativos turísticos para os turistas e visitantes.

Aos 82 anos, o Parque Nacional do Iguaçu é um dos atrativos naturais mais visitados do país, sendo sede de uma das sete maravilhas do mundo, as Cataratas do Iguaçu, e referência em infraestrutura turística para quem visita o espaço. Em seus 185 mil hectares de florestas, o atrativo guarda a memória dos ambientes naturais da Região Oeste do Paraná. A memória das paisagens naturais, dos rios e riachos livres, límpidos e cheios de vida protege uma vasta, rara e especial manifestação da fauna e flora da região.

Em seu território, o Parque Nacional abriga perto de 400 espécies de aves, 158 espécies de mamíferos, 175 espécies de peixes, mais de duas mil espécies de plantas e mais de 750 espécies de borboletas. Toda essa biodiversidade tornou o parque um Patrimônio Natural da Humanidade, no ano de 1986. Ao todo, em 2020, a unidade recebeu cerca de 650 mil visitantes.

Unidade recebeu cerca de 650 mil visitantes no ano de 2020. Crédito: Zig Koch/MTur

Por Victor Maciel
Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo