Home Ibero-America Argentina Turismo LGBT: Argentina apresentou sua avançada oferta no Brasil

Turismo LGBT: Argentina apresentou sua avançada oferta no Brasil

5 min read
0
125

BUENOS ARIES/ ARGENTINA -No marco da reabertura de fronteiras para turistas de países limítrofes, o INPROTUR participou de maneira virtual da _Conferência Internacional da Diversidade e Turismo LGBT, organizada de 17 a 19 de novembro e na qual se reuniram os principais referentes do segmento no país vizinho.

A Argentina é líder na América Latina em Turismo LGBT e um dos destinos do mundo mais escolhidos pela comunidade. Grande parte destas conquistas se deve ao trabalho em conjunto há mais de 10 anos entre o Instituto Nacional de Promoção Turística (INPROTUR) e a Câmara de Comércio Gay Lésbica Argentina (CCGLAR).

Ano após ano, o país mostra um claro crescimento em tal segmento e isso se vê refletido em cada participação da equipe do INPROTUR em feiras, eventos e outros encontros relacionados com o setor.

Para reafirmar a posição de prestígio argentina como exemplo na região dentro do Turismo LGBT, o INPROTUR participou de forma virtual da Conferência Internacional da Diversidade e Turismo LGBT no Brasil, de 17 a 19 de novembro.

Dupla importancia

“Este encontro no Brasil tem dupla importância porque, em primeiro lugar, o mercado brasileiro é fundamental para nosso receptivo. E em segundo lugar porque o Turismo LGBT é uma das propostas argentinas que mais cresceu na última década. Somos conscientes do fenômeno mundial e econômico que representa este segmento e é por isso que nos preparamos para continuar sendo uma grande referência na região e no resto do mundo”, destacou o secretário executivo do INPROTUR, Ricardo Sosa ( Foto acima).

Organizado pela Câmara LGBT brasileira, o encontro reuniu as principais figuras do segmento no país vizinho através de exposições, palestras inspiradoras e casos de estudo que estão destinados não só ao trade turístico, mas a todo o arco público e privado, e de diferentes indústrias.

Excelente oportunidade

Para a Argentina foi uma excelente oportunidade de anunciar a reabertura de suas fronteiras para turistas de países limítrofes. Além disso, apresentou-se o extenso trabalho em matéria de hospitalidade e respeito pela diversidade. Neste sentido, o país sempre esteve na vanguarda dos direitos humanos: em 2010 nosso país se tornou o primeiro da América Latina a estabelecer a Lei de Matrimônio Igualitário e dois anos depois promulgou a Lei de Identidade de Gênero.

Por outra parte, a presença argentina no Brasil sempre é relevante para nosso turismo receptivo. Em 2019, o mercado brasileiro ocupou o primeiro lugar no ranking de chegadas a nosso país, com mais de 1,4 milhões de visitantes. Além disso, apesar de 2020 ter sido um ano muito difícil para o turismo mundial, durante os meses de janeiro e fevereiro, a Argentina recebeu 295.497 brasileiros e brasileiras, 4,6 por cento superior ao mesmo período de 2019.

Fotos meramente ilustrativas
Fuente: INPROTUR/ AR