Home Sul Santa Catarina Volta ao Mundo por Nelci Seibel

Volta ao Mundo por Nelci Seibel

10 min read
0
33

JOINVILLE/ SANTA CATRINA -A partir do dia 21 de novembro o Instituto Internacional Juarez Machado, em Joinville, apresenta ao público visitante cinco exposições simultâneas. Com as restrições por conta da pandemia os museus e centros de cultura permaneceram fechados e agora foram liberados pelo novo decreto.

O Instituto Juarez Machado nesse período organizou uma sólida programação de novas exposições, informa seu diretor artístico Edson Machado. “Estamos oferecendo ao público carente de eventos culturais um amplo leque de oportunidades”, complementa. As exposições variam desde obras de pintor internacional até trabalhos de conhecidos artistas catarinenses convidados.

Standa Sedlak

Standa Sedlak é um pintor contemporâneo da República Tcheca no Leste Europeu, vivendo atualmente emToronto no Canadá com exposições nesses países e na França e Itália. Expondo pela primeira vez no Brasil, apresenta 30 pinturas espatuladas e aquareladas na mostra intitulada “From Sea to Sea”.

“Inquietações” 

Outra exposição inédita é “Inquietações” da artista catarinense Maria Salette Engels Werling com pinturas em grandes dimensões retratando com cores vibrantes e traços únicos uma paisagem imaginária repleta de memórias e vivências.

“Pequenos Formatos – do mármore ao bronze”

 É o título da exposição do escultor Pita Camargo. Para sua exposição em Joinville trouxe 25 obras.

“ Haicais da jornada do monte à mente, na Lua de Wesnak”

Outra novidade é o lançamento do Objeto-Livro intitulado ,organizado pelo poeta, jornalista e editor Joel Gehlen, expondo poemas, desenhos originais, matrizes em madeira e xilogravuras em papel de 35 ilustradores de diversas partes do Brasil. Entre eles, Adri Volpi, Patrícia Di Loreto, Guido Heuer, Jan Mo, Ronaldo Diniz, Ricardo Kolb. A temática é a subida ao Monte Crista durante a lua de iluminação ao Buda.

Sala de acervo de Juarez Machado renovada

Além dessa coletiva e das três individuais com curadoria de Edson Machado, também o anfitrião, o próprio Juarez Machado renova sua sala de acervo no Instituto que leva o seu nome. Telas de diversos períodos do internacional artista produzidas em Paris, Rio de Janeiro e Joinville compõem a exposição, com destaque para dezenas de pequenos quadros produzidos durante o período de isolamento de 2020, da série “O que é Juarez Machado”.

Serviço

A abertura será no sábado (21), às 11 horas, com entrada gratuita, em comemoração aos seis anos de atividades do Instituto Internacional Juarez Machado, à Rua Lages, 994 em Joinville.

As exposições ficarão abertas à visitação pública até 28 de fevereiro.

Quem for de bicicleta não paga e também às quartas-feiras a visitação é gratuita.

Saiba mais em: 48 99164-1717.

Natal de Luzes da Itaipu


 Catedral N. Sra. De Guadalupe (fotoNilton Rolin/Itaipu Binacional)

No último dia 9 foram realizados os primeiros testes da projeção mapeada do Natal de Luzes de Itaipu, na Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, na Vila A, em Foz do Iguaçu (PR). O espetáculo acontecerá de 5 a 23 de dezembro, das 20h à meia noite, com muito encantamento e magia. A iniciativa da margem brasileira da usina de Itaipu é um agradecimento à população de Foz do Iguaçu, que tem no seu DNA o acolhimento. “Nossa gente, que vem passando por um ano de grandes transformações e acolheu com muito carinho e respeito as propostas da nossa gestão, merece uma festa linda para celebrar a vida”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna. A escolha do local não aconteceu por acaso. O Gramadão da Vila A, tradicional palco do Natal de Itaipu, está passando por obras de revitalização. A Catedral Nossa Senhora de Guadalupe fica quase ao lado e oferece as condições necessárias para o espetáculo. Saiba mais em: www.itaipu.gov.br.

Temporada do rafting noturno em Brotas


A adrenalina do rafting noturno cresce sob a luz do luar

Noite de lua cheia aguça o imaginário popular. Em Brotas (SP), a coragem geralmente é o primeiro requisito para quem vai se aventurar no rafting em plena escuridão. Mas a experiência é um convite para repetir a dose. A capital nacional do turismo de aventura abriu oficialmente a temporada do rafting noturno. Se descer as corredeiras do rio Jacaré-Pepira durante o dia já é de tirar o fôlego, imaginemos sob a luz do luar, guiado pelo espelho prateado das águas, sentidos aguçados e a dose extra de emoção ao ser surpreendido pelas quedas incríveis. As operadoras preparam um calendário especial que considera o calendário lunar e as condições climáticas. Para que a experiência seja indescritível, a descida é suspensa se o céu apresentar nebulosidade.

Informações

As operadoras têm diferentes horários de partida: 19h, 19h30 e 20h. O ticket médio é de R$ 150 e inclui transfer partindo da região central da cidade até o rio, instrução de segurança, colete salva-vidas e capacete. Outros equipamentos de segurança são adicionados ao rafting noturno, como lanternas e luz de neon no colete -, além da presença do instrutor treinado para socorro e resgate. Devido os protocolos sanitários, a acomodação máxima por bote é de sete pessoas.

As operadoras são: Alaya Brotas, EcoAção e Território Selvagem Canoar .

Procure informações com sua preferida.

Nelci Seibel
[email protected]
Membro da Academia Joinvilense de Letras e
da Academia de Letras e Artes de São Francisco do Sul